Solenidade em comemoração aos 45 anos do Corecon-MT é marcada com entrega da Comenda "Economista Roberto Campos"

19/11/2019

Este ano, o Conselho Regional de Economia - Corecon-MT, celebra seus 45 anos de fundação. A data memorável para a entidade de classe foi marcada com uma homenagem ao grande economista mato-grossense Roberto Campos. O presidente do Conselho, Evaldo Silva, destacou a atuação do profissional que ganhou destaque no país e também internacionalmente. "A ideia de criarmos a comenda com o nome do Roberto Campos surgiu como forma de inspirar a nossa classe profissional. Este renomado economista nasceu em Cuiabá e ganhou o mundo com seu profissionalismo e hoje, ao concedermos a outorga desta comenda a doze autoridades das mais diversas esferas da sociedade mato-grossense, queremos incentivar a atuação desses atores públicos no desenvolvimento econômico, político e social das cidades", disse Evaldo.
 
O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho, foi um dos homenageados.  “É uma satisfação muito grande receber esta comenda, porque isso significa que estamos no caminho certo, que estamos ajudando Mato Grosso. Isso nos motiva a continuar trabalhando pelo nosso estado”, afirmou Botelho. O parlamentar ainda enalteceu o trabalho do Corecon-MT. “Aproveito para dizer que este Conselho de Economia, nos últimos anos, vem realizando um trabalho brilhante como fiscalizador da profissão de economista. Então, nosso respeito e reconhecimento também a essa instituição tão importante à sociedade”, disse o presidente da ALMT.
 
A prefeita da segunda maior cidade de Mato Grosso, Lucimar Sacre Campos, também foi uma das condecoradas. “É muito gratificante quando temos nosso trabalho reconhecido, principalmente quando estamos dentro de um grupo tão seleto. Apenas doze pessoas foram homenageadas. Queremos continuar atraindo novos investimentos e gerando emprego e renda, e para isso, atuar em parceria com os economistas, que são profissionais tão importantes para a gestão pública, sempre contribuindo com seus conhecimentos técnicos”, enfatizou a chefe do executivo várzea-grandense.
 
Outra autoridade homenageada com a comenda foi o presidente da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso, Gustavo de Oliveira. “É uma grande satisfação receber essa condecoração e um privilégio fazer parte desta história. O Economista Roberto Campos, que dá nome a comenda, foi um grande mato-grossense, que lutou muito pelo país, com ideias econômicas revolucionárias. Tem a minha admiração”, disse. Gustavo também parabenizou a atuação do Corecon-MT nesses 45 anos. "Parabenizo o Corecon por esse protagonismo, por provocar discussões relevantes para a sociedade e dar voz às diversas opiniões. A gente sabe que as decisões econômicas afetam a vida de todos, por isso é muito importante debater e esclarecer sobre as alternativas e caminhos a serem seguidos”, destacou o presidente da Fiemt.
 
Representando o setor comercial, o presidente das Federações das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso, Ozair Nunes Bezerra, também foi homenageado pelo Conselho de Economia. "Tive o prazer de conhecer e conviver com o Roberto Campos. Ele esteve a frente do seu tempo, e para mim, é muito honroso receber a comenda que leva o nome dele. É uma forma de evidenciar o papel do economista na sociedade, por isso, parabenizo o Evaldo, presidente do conselho, e toda sua diretoria, pelo brilhantismo em elevar o nome desse ilustre cuiabano", disse Ozair.
 
“Economista Roberto Campos”
 
A escolha do nome da Comenda prestigia o economista Roberto de Oliveira Campos, que nasceu em Cuiabá em 1917. Além de economista, foi professor, escritor e político. Fez parte da delegação brasileira da Conferência de Bretton Woods, que criou o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial. No período em que esteve nos Estados Unidos, foi membro da delegação brasileira em diversas reuniões e conferências internacionais.
 
Mais tarde, tornou-se parte da assessoria econômica do presidente Getúlio Vargas. No Governo Juscelino Kubitschek, foi um dos Presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e teve uma participação importante no Plano de Metas. Foi ministro do Planejamento durante o governo de Castelo Branco, quando promoveu muitas reformas econômicas. Foi também um dos idealizadores do Banco Central do Brasil, Estatuto da Terra e do FGTS.
 
A homenagem foi entregue no último dia 18 de novembro, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso a doze autoridades: Lucimar Campos, prefeita de Várzea Grande; o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes; o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho; o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro; o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso, Jonas Alves; o presidente da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso, Gustavo de Oliveira; o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso -FAMATO, Normando Corral; o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Logistas do Estado - FCDL, Ozair Nunes Bezerra; o presidente da CDL Cuiabá, Nelson Soares Junior; a presidente da Junta Comercial do Estado de Mato Grosso, Gercimira Ramos Moreira Rezende; o arcebispo de Mato Grosso, Dom Milton Antônio dos Santos; e o desembargador Carlos Alberto Alves da Costa, presidente do Tribunal de Justiça. 
 

Fonte: Andressa Boa Sorte/Assessoria Corecon-MT

CONVÊNIOS